A Oitava Turma do Tribunal Superior do Trabalho (TST) afastou a responsabilidade da Moto Honda da Amazônia Ltda. no caso de um auxiliar de produção com doença nos ombros. A dor o impede de exercer atividades que requeiram carregamento de peso e esforço repetitivo com os membros superiores. A Oitava Turma reformou decisão do Tribunal Regional do Trabalho da 11ª Região (AM/RR) que condenou a empresa a pagar indenização de R$ 5 mil por danos morais em decorrência de doença ocupacional, com o fundamento da responsabilidade objetiva – quando não é necessário comprovar a culpa…. Saiba Mais

Fonte: Veritae, 09.01.15

Workshop NR 38 da Limpeza Urbana

SELURB realizará Workshop presencial sobre a Norma Regulamentadora n°38 da Limpeza Urbana, junto com a Fundacentro, a Secretaria de Inspeção do Trabalho–SIT/MTE...

Deixe um comentário